Princípios básicos de gerenciamento de tags.

O que é, como funciona e porque ele é mais importante do que você imagina.

Com a proliferação rápida das tecnologias de marketing, as empresas são encarregadas de criar, gerenciar e implantar cada vez mais tags em seus sites todos os dias. O gerenciamento eficiente de tags se tornou essencial para oferecer experiências envolventes aos clientes. Mas o que é um sistema de gerenciamento de tags? Como funciona? E quais outras vantagens ele oferece? Vamos descobrir.
 
 
 
 
 
separador
 

O que é uma tag?

 

Vamos começar pelo básico. Seu site está cheio de tecnologias, que vão desde plataformas de personalização e serviços de bate-papo até ferramentas de experiência do cliente e soluções de análise, e cada uma tem a sua própria instalação e objetivo. Para habilitar essas tecnologias em qualquer página da Web, um trecho de código em JavaScript, conhecido como tag, deve ser implementado na página onde essas tecnologias são necessárias. Cada tecnologia exige a sua própria tag. E uma página típica da Web exige várias, às vezes até dúzias, de tags para fornecer a experiência desejada ao cliente.
 
Muitas vezes, quando qualquer uma dessas tecnologias é atualizada, a própria tag deve ser atualizada em todo o site para continuar funcionando apropriadamente. Isso significa fazer ajustes no código em JavaScript. Manter todas essas tags atualizadas pode ser um desafio e tomar muito tempo.
 
 
 
separador
 

O que é um sistema de gerenciamento de tags?

 

O que é um sistema de gerenciamento de tags?
 
 
Sua empresa depende de um amplo ecossistema de tecnologias de marketing para oferecer experiências envolventes aos clientes. E, além de se multiplicarem, elas estão ficando cada vez mais complexas. Gerenciar e unificar essas tecnologias, além dos dados dos clientes que fluem através delas, pode ser uma tarefa monumental. É aí que entram os gerenciadores de tags.
 
Um sistema de gerenciamento de tags é uma solução SaaS que simplifica o modo de instalar, gerenciar e usar todas as tecnologias baseadas na Web. Os sistemas de gerenciamento de tags democratizam as marcações ao fornecer maneiras mais fáceis e eficientes para que os colaboradores menos técnicos, como os profissionais de marketing e os gerentes de conteúdo, implantem soluções em todo o site. Então, em vez de pedir ao departamento de TI para colocar manualmente cada tag em cada página da Web, os profissionais de marketing podem oferecer experiências envolventes com mais rapidez ao implantar por conta própria tags aprovadas pela TI.
 
Os sistemas de gerenciamento de tags operam tal como qualquer outra tecnologia baseada na Web: através de tags. Para instalar um sistema de gerenciamento de tags, uma linha ou duas em JavaScript, conhecidas como código de incorporação, são colocadas idealmente em todas as páginas da Web. Assim que esse código de incorporação é implantado, a interface do usuário do gerenciador de tags permite que os profissionais de marketing e de TI criem instruções "if-then" para ativar uma tecnologia de marketing em vez de inspecionar todo o código de uma página da Web. Por exemplo: se (IF) uma pessoa clica no botão Comprar na página www.weRetail.com/pants, então (THEN) envie o modelo específico da calça para o Adobe Analytics.
 
À medida que essas instruções if-then são salvas, o gerenciador de tags injeta o código em JavaScript adicional necessário para executar a instrução if-then por meio de uma ou duas linhas de código usadas para implantar o sistema de gerenciamento de tags.
 
 
 
 
 
separador

Por que o gerenciamento de tags é importante para a sua empresa?

Além de ajudar as empresas a implantar a tecnologia certa nas páginas da Web certas e na hora certa com mais facilidade, os sistemas de gerenciamento de tags também coletam e compartilham dados entre essas tecnologias para fornecer uma experiência coesa. Por exemplo, quando um usuário pesquisa em uma loja online por um boné, um sistema de gerenciamento de tags pode coletar os dados da pesquisa e entregá-los ao programa de análise rastrear os itens que os usuários estão pesquisando. Esses dados podem ser usados para obter insights sobre o que os clientes querem. Eles também melhoram a personalização e ajudam os clientes a encontrar o que eles estão procurando mais rápido, melhorando a experiência de compras em geral.
 
Os sistemas de gerenciamento de tags simplificam quatro coisas na sua organização:
 
  • Instalação de tecnologia de marketing em uma página da Web
  • Compreensão do comportamento do público-alvo
  • Definição de como uma tecnologia funciona em uma página
  • Coleta e distribuição de dados para uma tecnologia de marketing
separador

As vantagens do gerenciamento de tags.

Há muito mais no gerenciamento de tags do que marcações simplificadas e coordenação de dados. Na verdade, os sistemas de gerenciamento de tags fornecem cinco benefícios principais para as empresas.
 
1. Implantações mais rápidas que geram mais receita.
Os sistemas de gerenciamento de tags permitem que os profissionais de marketing implantem experiências melhores para os clientes por conta própria. Isso poupa tempo e recursos. Com isso, as pessoas mais próximas ao conteúdo e aos clientes da empresa podem adicionar, ajustar e melhorar experiências na Web quando necessário, de forma segura e sancionada pelo departamento de TI. Com um gerenciador de tags, sua empresa pode fazer mais em menos tempo. E melhorias mais rápidas na experiência dos clientes podem significar mais receita no fim de tudo.
 
2. Melhor compreensão dos clientes.
Os sistemas de gerenciamento de tags simplificam muito o processo de rastreamento do comportamento do usuário no site. Sem um gerenciador de tags, sua empresa gasta muito tempo rastreando coisas simples, como cliques dos clientes, no código de cada página da Web. E você passará ainda mais tempo rastreando comportamentos complexos que geram mais insight. Com um gerenciador de tags, os profissionais de marketing podem usar uma interface amigável para determinar quais comportamentos devem ser medidos, permitindo que a empresa rastreie comportamentos simples e muito complexos com mais rapidez, o que leva a um maior entendimento dos clientes.
 
 
3. Experiências melhores e mais ágeis
Com um sistema de gerenciamento de tags, você não tem que colocar cada tag em cada página. Os gerenciadores de tags permitem que os profissionais de marketing e de TI criem regras altamente seletivas que colocam as tags certas nas páginas certas com inteligência. Com menos tags, suas páginas da Web carregam mais rápido. Além de gerar uma experiência melhor do cliente, isso também assegura maior alcance, porque alguns dispositivos são melhores do que outros em carregar páginas da Web mais pesadas.
 
 
4. Coleta e compartilhamento de dados precisos em todas as tecnologias.
Os gerenciadores de tags oferecem para as empresas uma visão única de todos os dados coletados em uma propriedade da Web e de como esses dados estão sendo coletados. Isso dá a confiança de saber que os dados certos estão sendo coletados da forma certa, ao mesmo tempo em que permite o compartilhamento desses dados com outras tecnologias de marketing. Com a criação de um repositório central para dados baseados na Web que sejam acessíveis ao marketing e à tecnologia de anúncios, você pode confiar que está fornecendo a melhor experiência possível porque sabe que ela está sendo proporcionada por dados precisos.
 
5. Unificação de dados e tecnologia em um ecossistema coeso.
Para fornecer as melhores experiências aos clientes, sua empresa precisa de um ecossistema de tecnologias de marketing que compartilhem informações uma com a outra e trabalhem juntas com eficiência. As tags são a forma como as informações são compartilhadas, e o gerenciamento de tags é o que une essas informações em todas as tecnologias implantadas para que elas possam sincronizar para oferecer experiências incríveis.
 
 
 
 
 
separador

Os sistemas de gerenciamento de tags não são todos iguais.

O primeiro sistema de gerenciamento de tags foi lançado no início dos anos 2000, e logo surgiram outros. Esses gerenciadores de tags da primeira geração usam modelos que facilitam a implantação de tags em um site. Modelos permitem que usuários com menos experiência implantem e configurem uma implementação inicial de uma tecnologia de marketing em uma página usando pouco ou nenhum código. Basta os usuários preencherem um formulário que configura as definições e as regras para uma tecnologia específica. O gerenciador de tags traduz as entradas do formulário em um código em JavaScript e depois o injeta na página da Web desejada. Todas as tecnologias exigem seus próprios modelos para facilitar o processo de implantação, e muitas vezes as atualizações da tecnologia exigem atualizações nos modelos.
 

Os sistemas de gerenciamento de tags da primeira geração enfrentam dois desafios iminentes:

 

Proliferação das tecnologias de marketing.
O número de tecnologias baseadas na Web que fornecem experiências aos clientes cresceu exponencialmente de cerca de 150 em 2011 para mais de 5 mil hoje. Com o crescimento do número de tecnologias de marketing e da taxa de adesão das novas tecnologias pelas empresas, as marcas sofrem uma nova pressão para ter o máximo de flexibilidade em implantar e gerar valor com essas novas tecnologias rapidamente. Infelizmente, os gerenciadores de tags da primeira geração criam modelos para suportar todo o ecossistema de tecnologias baseadas na Web e não conseguem criar modelos rápido o bastante para acompanhar o mercado. Isso deixa os profissionais de marketing com menos opções de tecnologias para escolher, e as que eles têm muitas vezes estão desatualizadas.
 
Recursos fragmentados das tecnologias de marketing.
Para que as empresas ofereçam experiências atraentes, as várias tecnologias das quais elas dependem não podem trabalhar separadamente. Elas devem trabalhar juntas para que os sinais valiosos que os clientes enviam para uma tecnologia possam informar as ações de outras tecnologias. Infelizmente, os gerenciadores de tags da primeira geração focam em facilitar o processo de implantação, não em unificar o modo de trabalho desses produtos.
 
Para contornar esses problemas, os gerenciadores de tags de última geração oferecem uma arquitetura aberta que pode ser dimensionada de modo fácil para acomodar tecnologias novas e atualizadas com frequência. Em vez de depender de modelos que devem ser mantidos atualizados por um gerenciador de tags proprietário, os gerenciadores de tags da última geração são criados em uma plataforma aberta que permite aos provedores de tecnologias de marketing contribuir, atualizar e até mesmo adicionar funcionalidades eles a qualquer momento. E os profissionais de marketing têm acesso instantâneo a todas essas tecnologias em apenas um lugar.
 
Embora a perspectiva de implementar um sistema de gerenciamento de tags pareça assustadora, o valor diário que um bom gerenciador de tags gera ultrapassa muito o custo e o esforço iniciais para configurá-lo. Com um sistema de gerenciamento de tags instalado, sua organização pode economizar com implantações de tecnologia mais rápidas, fornecer melhores experiências, entender melhor os clientes e, com um gerenciador de tags de última geração, unificar o ecossistema de tecnologias de marketing. Para obter mais informações sobre o que um sistema de gerenciamento de tags pode fazer pela sua empresa, clique aqui para conversar com um representante da Adobe para saber mais.
 
Para saber mais sobre gerenciamento de tags de última geração, leia Transcenda as tags e ofereça experiências.
 
 
 
 
separador

Os cinco principais mitos sobre gerenciadores de tags.

Apesar dos benefícios óbvios dos sistemas de gerenciamento de tags, muitas empresas ainda não implementaram um. Mas o que as está impedindo? A seguir estão os cinco mitos comuns a respeito dos sistemas de gerenciamento de tags junto com a realidade que os provam errados.
 
MITO 1:
Se você tem um sistema de gerenciamento de tags, não precisa de um departamento de TI.

REALIDADE:
Gerenciadores de tags diminuem a dependência com relação à TI, mas certamente não eliminam a necessidade de sua existência. Na verdade, o gerenciamento de tags é mais valioso quando os profissionais de marketing e de TI trabalham juntos para definir funções e responsabilidades claras. Quando feito apropriadamente, o departamento de TI pode permitir que os profissionais de marketing implantem campanhas mais rápido, rastreiem o comportamento dos clientes e obtenham maior insight dos dados do site, para poder focar em TI, e não em implantar tags.
 
MITO 2:
Gerenciadores de tags gratuitos não conseguem atender às necessidades empresariais.

REALIDADE:
Os dois sistemas de gerenciamento de tags mais populares do mercado são gratuitos. E um deles, o Gerenciamento dinâmico de tags, tem mais de 3 mil clientes, incluindo algumas das maiores e mais bem sucedidas marcas do mundo, empresas que integram o ranking da Fortune 500, como AIG, McDonald's, Morgan Stanley, Nvidia, Salesforce.com, Starwood Hotels e Tyson.
 
MITO 3:
Eu preciso ser um especialista técnico para usar um sistema de gerenciamento de tags.

REALIDADE:
Uma meta comum da maioria dos gerenciadores de tags é facilitar a implantação de tags básicas para os usuários não técnicos. Muitas vezes, implantar uma tag significa apenas inserir alguns valores de configuração e definir situações nas quais aquela tag deve disparar. Mesmo tarefas complexas, como rastrear quando visitantes param de assistir a um vídeo, podem ser superadas por profissionais de marketing menos técnicos. Como tudo mais, só demora um pouco de tempo para se ficar à vontade.
 
MITO 4:
Gerenciadores de tags gratuitos não são neutros quanto ao fornecedor.

REALIDADE:
Tanto o gerenciamento dinâmico de tags quanto o sistema de gerenciamento de tags avançado da Adobe, o Adobe Cloud Platform Launch, oferecem suporte para qualquer tecnologia de terceiros. Na verdade, o Launch da Adobe é mais neutro quanto ao fornecedor do que qualquer outro sistema de gerenciamento de tags, pois disponibiliza a todos os fornecedores uma forma de autosserviço para criar, gerenciar e atualizar suas próprias integrações.
 
MITO 5:
A implementação de um sistema de gerenciamento de tags não vale o esforço empenhado.

REALIDADE:
A implementação inicial de um sistema de gerenciamento de tags pode exigir algum trabalho pesado, mas os benefícios a longo prazo superam significativamente o investimento inicial. Os gerenciadores de tags poupam tempo, esforço e dinheiro, permitindo que usuários menos técnicos rastreiem rapidamente o comportamento dos clientes e implantem tags aprovadas pelo departamento de TI. Pense em todo o tempo gasto implementando e rastreando código e tags de fornecedores e depois toda a papelada de um lado para o outro entre o departamento de TI e o marketing para refinar as exigências daquelas solicitações. Com um sistema de gerenciamento de tags, todo esse processo é otimizado todas as vezes, de forma que os profissionais de marketing possam implantar campanhas e tecnologias da Web de forma mais rápida, obter insights de maior qualidade dos clientes e fazer ajustes baseados nesses insights em menos tempo.
 
 
 
separador