AI versus EPS.

Ambos pioneiros do formato vetorial, o EPS e o AI são tipos de arquivos de imagem padrão usados no Adobe Illustrator. Os dois são compatíveis com gráficos vetoriais, mas os arquivos EPS também lidam com imagens bitmap. Vamos analisar melhor como usar esses dois tipos de arquivos hoje e o que os diferencia de outros formatos vetoriais.

Imagem do banner AI versus EPS

O que você aprenderá.

 

  • O que é um arquivo AI?
     
  • O que é um arquivo EPS?
     
  • Qual é a diferença entre arquivos AI e EPS?
     
  • AI versus EPS: perguntas frequentes

 

 

O que é um arquivo EPS?

EPS é a sigla de Encapsulated Postscript, um tipo de arquivo vetorial que salva e armazena imagens, textos e designs para que você possa reabri-los e reeditá-los a qualquer momento. No começo, o EPS era um tipo de arquivo de imagem 2D importante, usado principalmente para impressão de alta qualidade e incorporação de imagens em páginas da Web.

 

Saiba mais sobre os arquivos EPS

 

 

O que é um arquivo AI? 

A Adobe criou o arquivo AI para ser o formato padrão do Illustrator. Esse tipo de arquivo aproveita ao máximo os recursos do Illustrator, principalmente ao lidar com imagens vetoriais. Os arquivos de imagem AI contêm muitas informações e detalhes, o que os torna ideais para editar ilustrações depois da criação original. Cada arquivo AI tem várias pranchetas, os espaços de tela em que você cria e edita imagens, mas os arquivos em si só podem ter uma página. 

 

Saiba mais sobre os arquivos AI

 

 

Qual é a diferença entre arquivos AI e EPS?

Os arquivos EPS são mais velhos, maiores e mais flexíveis que os arquivos AI. O formato AI, por sua vez, é menor e mais detalhado. Se você quiser gerenciar o tamanho dos arquivos, talvez o AI seja o formato ideal. Muitas pessoas consideram os arquivos AI um subconjunto simplificado de arquivos EPS em virtude do suporte exclusivo a arquivos vetoriais, aos recursos de edição mais fáceis e à compatibilidade maior.

 

No início, os arquivos EPS eram mais compatíveis que o AI, mas com os avanços dos programas e o aumento no número de arquivos compatíveis, o formato AI se tornou o tipo mais acessível. A forte compatibilidade entre os arquivos AI e PDF também significa que eles são mais fáceis de abrir que o EPS.    

 

História do EPS e do AI.

O Adobe Illustrator foi lançado em 1987 e rapidamente se tornou líder entre os softwares de design gráfico. Nas primeiras versões, o Illustrator usava o EPS como formato de arquivo padrão. Foi só no lançamento do Illustrator 9.0 que a Adobe começou a migrar para o arquivo PGF, que acabou se tornando o formato AI.

 

Hoje em dia, você pode usar arquivos EPS ou AI para criar desenhos, ilustrações e designs simples e complexos, entre outras coisas. No entanto, por ser o formato de arquivo proprietário do Illustrator, a maioria dos usuários da Google ainda preferem o AI.

 

Vetorial versus bitmap.

Uma imagem bitmap é um mapa de pixels. Cada pixel tem uma cor própria, que, quando combinada em grupos maiores, cria uma imagem grande e cheia de detalhes. No entanto, imagens com base em pixels são difíceis de dimensionar porque contêm muitos pixels individuais. Se você dimensionar uma imagem desse tipo em um tamanho maior que o desejado, ela não terá pixels suficientes para manter a qualidade no tamanho novo. 

 

Gráficos vetoriais usam proporções geométricas e matemáticas, com base em um sistema de pontos, linhas, arcos, curvas e polígonos, para criar imagens. Eles são ideais para dimensionamento porque as linhas e formas de base mantêm as proporções em qualquer tamanho.

 

Os arquivos EPS podem processar imagens vetoriais e bitmap. O formato AI só lida com arquivos vetoriais.

 

Complexidade da imagem.

Muitos designers preferem usar o formato vetorial em determinados tipos de projetos por conta da precisão, qualidade e capacidade de dimensionamento. Você pode dimensionar arquivos vetoriais no tamanho de um cartão de visita ou de um pôster e ainda assim ter a mesma qualidade nos dois. Os arquivos AI também são repletos de informações. Como eles armazenam muitos detalhes de dados da imagem, são fáceis de editar.

 

Em ilustrações, os arquivos AI podem lidar com imagens mais complexas que os arquivos EPS. Uma página única contém todos os dados de imagem e muitas pranchetas diferentes, tornando o formato AI fácil de manipular. 

 

Transparência.

Outra vantagem dos arquivos AI é o recurso de transparência. Com camadas, a transparência ajuda designers gráficos a criar ilustrações que podem ser usadas em qualquer lugar onde um design precisa aparecer com perfeição sobre vários fundos, como um logotipo em uma página da Web.  

 

Casos de uso.

Originalmente, os arquivos EPS eram usados para incorporar imagens em sites e imprimir gráficos avançados. Hoje em dia, JPEGs, GIFs e PNGs substituíram o EPS em casos de uso na Web. Porém, o formato EPS continua sendo útil para impressão, principalmente com gráficos mais complexos e elementos de alta resolução.

 

Os arquivos AI são populares com gráficos menores, especialmente aqueles com linhas nítidas. Designers gráficos costumam usá-los para logotipos, ícones, pôsteres e impressões. O Illustrator também é útil no design de tipografia, criando fontes, e os arquivos AI são conhecidos por exibir fontes com precisão.

 

Futuro.

Os arquivos AI estão cada vez mais populares que o EPS. Embora as pessoas ainda usem arquivos EPS, designers e ilustradores podem criar os mesmos tipos de imagens facilmente com os arquivos AI. Por ser o formato nativo padrão do Adobe Illustrator, os arquivos AI só vão continuar crescendo em popularidade.

 

 

AI versus EPS: perguntas frequentes.

Qual tipo de arquivo é compatível com mais aplicativos?

O EPS continua sendo o tipo de arquivo mais compatível. Ele tem código aberto, ou seja, qualquer pessoa pode programá-lo ou desenvolvê-lo. Por outro lado, o AI é o formato proprietário do Adobe Illustrator. Sendo assim, cada vez mais programas de gráficos podem acessar, abrir e usar arquivos AI.

 

Como converter um arquivo JPEG em EPS?

Para converter um arquivo JPEG rasterizado em um EPS vetorial no Adobe Photoshop, siga estas etapas simples.

 

  1. Abra o Adobe Photoshop e selecione Arquivo > Abrir.
     
  2. Escolha o arquivo JPEG no seu computador.
     
  3. Selecione Arquivo > Salvar como.
     
  4. Escolha EPS no menu suspenso Tipos de arquivos e clique em Salvar.
     
  5. Escolha suas configurações no painel de opções do EPS. 
     
  6. Clique em OK e Exportar.

 

Posso abrir um arquivo EPS com o Illustrator?

Você pode abrir e visualizar um arquivo EPS com o Illustrator, mas não será possível editá-lo a menos que você importe o arquivo do design original. É melhor criar e editar seus arquivos com o Illustrator ou outro programa de design e salvar como EPS somente para impressão.

 

Como converter um arquivo PDF em AI?

Siga estas etapas para converter seus arquivos PDF em AI no Illustrator:

 

  1. Abra o Illustrator.

  2. Selecione Arquivo > Abrir e escolha seu PDF.
     
  3. Escolha Arquivo > Salvar como.
     
  4. Selecione AI no menu suspenso Tipos de arquivos.
     
  5. Clique em Exportar.

Compare o AI e o EPS com outros tipos de arquivos.

Imagem PS

Arquivos PS

Saiba mais sobre os arquivos PS e como usá-los para impressão.  

Imagem Collada

Arquivos COLLADA 

Descubra como usar arquivos COLLADA para transferir modelos de design 3D.

Imagem 3DS

Arquivos 3DS

Veja como usar esse tipo de arquivo de gráficos 3D.

Imagem Asymptote

Arquivos Asymptote

Saiba mais sobre esse formato que tem uma linguagem própria de gráficos vetoriais. 

Adquira o Adobe Illustrator

Crie ilustrações e artes vetoriais incríveis.

Após 7 dias grátis, 24,59 €/mês.