Arquivos JPEG.

Presente em navegadores da Web e smartphones em todo lugar, o formato de arquivo JPEG é base do armazenamento e exibição de imagens no dia a dia. Saiba mais sobre a história das imagens JPEG, as finalidades delas e como aproveitar os recursos de compactação desse formato.

Imagem do banner do JPEG

O que você aprenderá.

 

  • O que é uma imagem JPEG?
     
  • História dos arquivos JPEG
     
  • Para que os arquivos JPEG são usados?
     
  • Prós e contras dos arquivos JPEG
     
  • Como abrir um arquivo JPEG
     
  • Como criar e editar um arquivo JPEG
     
  • Arquivos JPEG: perguntas frequentes

 

 

O que é um arquivo JPEG?

JPEG é a abreviação de Joint Photographic Experts Group, uma organização internacional que padronizou o formato no fim dos anos 80 e no começo dos anos 90. Ele é formato padrão de imagens digitais desde quando os fotógrafos começaram a tirar e armazenar fotos em câmeras digitais e outros dispositivos de reprografia.

 

As imagens JPEG agrupam as seguintes extensões de nome de arquivo:

 

  • .jpg
     
  • .jpeg
     
  • .jpe
     
  • .jif
     
  • .jfif
     
  • .jfi

 

Um arquivo JPEG é compatível com o esquema de cores de 24 bits e usa compactação com perdas para compactar imagens, permitindo armazenamento e envio mais convenientes. Isso melhora os JPEGs para uso no dia a dia, mas sacrifica um pouco da qualidade da imagem original.

 

 

História do arquivo JPEG.

Em 1986, a tecnologia dos monitores não permitia a exibição de imagens na tela. Foi aí que um grupo chamado Organização Internacional para Padronização (ISO) começou a pensar em maneiras de levar imagens realistas a telas pequenas no mundo todo.

 

Na mesma época, o Joint Photographic Experts Group (JPEG) foi lançado e criou um padrão próprio para compactar arquivos de imagem no computador médio. Esse formato apresentou o conceito de compactação com perdas, que removia dados visuais invisíveis ao olho humano e equilibrava a variação de cores.

 

Os arquivos JPEG se popularizaram com o surgimento das câmeras digitais e da World Wide Web. Agora, todo mundo pode tirar e armazenar fotos em arquivos pequenos o suficiente para caber no armazenamento limitado das câmeras, além de oferecer uma boa exibição. Outro recurso importante é capacidade de o JPEG armazenar metadados, como o local e a hora em que a foto foi tirada, além de configurações da câmera.

 

Fotógrafos experientes ainda não usam tanto o formato JPEG porque querem manter todos os detalhes da imagem para pós-processamento ou impressão. No entanto, esse tipo de arquivo continua sendo muito popular.

 

 

Para que os arquivos JPEG são usados?

Um arquivo JPEG pode exibir 16,8 milhões de cores, sem deixar os arquivos muito grandes. É por isso que ele é formato mais usado por fotógrafos e editores da Web.

 

Exibição de fotos.

Embora os fotógrafos costumem usar um formato raw para garantir a captura mais precisa possível de imagens, eles geralmente compartilham o resultado online no formato JPEG. O tamanho menor faz as fotos abrirem com mais rapidez na maioria dos navegadores (incluindo em dispositivos móveis) sem sacrificar muita qualidade.

 

Editoração na Web.

Todos, desde grandes editoras até blogueiros, aproveitam os arquivos JPEG nos sites. Com o carregamento mais rápido das páginas, os leitores têm acesso mais rápido ao conteúdo, e as imagens JPEG não ocupam muito espaço na nuvem.

 

Descubra mais arquivos rasterizados

 

 

Prós e contras dos arquivos JPEG.

A balança entre tamanho do arquivo e qualidade da imagem é onde o usuário costuma decidir se o formato JPEG vale a pena.

 

Vantagens dos arquivos JPEG.

  • Os arquivos JPEG são considerados o formato de arquivo de imagem mais reconhecido no mundo todo e são compatíveis com a maioria dos navegadores, softwares e aplicativos.
     
  • Os tamanhos menores de arquivos permitem transferência e acesso rápidos para visualização online. Com o descarte inteligente de todas as cores que o olho humano não reconhece, o que se chama de compactação com perdas, os JPEGs reduzem o tamanho do arquivo o máximo possível. Em comparação com formatos sem perdas, como GIFs, os arquivos JPEG são consideravelmente menores.
     
  • O pós-processamento é mais fácil porque o balanço de branco e a saturação nas imagens JPEG são definidos com o clique do obturador.

 

Desvantagens dos arquivos JPEG.

  • A compactação com perdas economiza espaço, mas ao lidar com imagens muito compactadas, a qualidade pode ser afetada. Imagens com bordas e linhas claras perderão um pouco de nitidez na compactação.
     
  • Perder tantos dados pode causar posterização, ou seja, a perda da transição suave entre cores, de modo que a imagem tenha mais blocos e seja mais abrupta. Outro possível efeito é a presença de artefatos, como serrilhado nas bordas, glow ou ruído, que podem afetar bastante a qualidade da imagem. Os fotógrafos podem evitar imprevistos de artefatos e posterização salvando formatos no formato raw.

 

 

Como abrir um arquivo JPEG.

Em um navegador da Web (Windows).

Se você encontrou uma imagem em uma página da Web e quer visualizá-la sozinha, geralmente é possível abri-la em uma nova guia. Clique com o botão direito do mouse na imagem (no computador) e selecione Abrir imagem em uma nova guia ou uma opção parecida.

 

Em um navegador da Web (Mac).

Se você estiver usando o Safari ou outro navegador no Mac, verá o mesmo tipo de opção descrito acima para abrir a imagem em uma nova guia. Basta segurar a tecla Command e clicar na imagem para abrir um menu. Depois, selecione Abrir imagem em uma nova guia.

 

No seu computador ou disco rígido.

Seu computador deve ter um programa padrão para visualização de imagens, como o Fotos para Windows ou o Pré-Visualização no Mac. Para abrir um arquivo salvo no computador, clique duas vezes no arquivo de imagem do computador. Ele será aberto no programa padrão.

 

Você também pode usar seu software preferido para visualizar fotos no Windows:

 

  1. Clique com o botão direito do mouse no computador ou na janela do Explorador de Arquivos.
     
  2. Role para baixo até Abrir com e vá para a direita se quiser ver a lista de programas predefinidos para abrir seu arquivo JPEG.

 

 

Como criar e editar um arquivo JPEG.

Para salvar um arquivo finalizado no Adobe Photoshop, crie um arquivo JPEG clicando no menu Arquivo e selecionando Salvar como.

 

Você pode retornar a qualquer momento para editar o arquivo. Basta abrir o Photoshop, usar o menu Arquivo e selecionar Abrir, para encontrá-lo na janela do Explorador de Arquivos. Porém, talvez o JPEG não seja a melhor escolha para salvar tarefas em andamento no Photoshop, já que a compactação com perdas pode afetar a qualidade da imagem e fazer você perder parte dos efeitos do trabalho. Se isso acontecer, tente salvar como um formato de arquivo alternativo, por exemplo, PSD.

 

 

Arquivos JPEG: perguntas frequentes.

JPG é a mesma coisa que JPEG?

Sim. A extensão de arquivo antes usava três letras devido às limitações das versões mais antigas do Windows e do MS-DOS. Todas as extensões só podiam ter até três caracteres, o que não acontece mais hoje em dia.

 

Como a compactação do JPEG reduz o tamanho do arquivo?

Com a alteração dos valores de cor e o uso conjunto de grupos de pixels com uma cor mais uniforme, o que evita o armazenamento de muitas cores diferentes. Isso reduz o tamanho do arquivo, mas também altera a imagem original devido à mudança das cores.

 

O iPhone usa fotos JPEG?

Dispositivos iPhone mais antigos armazenam fotos como arquivos JPEG. Porém, desde o iOS 11, o tipo de arquivo padrão é o HEIC. Você pode alterar as preferências nas configurações de Compatibilidade no aplicativo iPhoto.

 

O que são metadados de JPEG?

O formato de arquivo de imagem intercambiável, ou EXIF, contém dados em um arquivo JPEG que fornece mais informações ao usuário, como:

 

  • A data e hora em que a imagem foi tirada
     
  • Configurações da câmera, como marca, modelo, abertura e velocidade ISO
     
  • Uma miniatura para visualização em gerenciadores de arquivos e na tela LCD da câmera
     
  • Informações de direitos autorais
     
  • Geotags para indicar onde a foto foi tirada

 

Como faço para visualizar dados de JPEG?

Para ver os dados do EXIF no Windows, clique com o botão direito do mouse na foto. Selecione Propriedades, depois Detalhes e role para baixo. Para visualizar dados do EXIF no Mac, abra a imagem no Fotos e escolha Obter informações.

Saiba mais sobre tipos de arquivos semelhantes ao JPEG.

Imagem de arquivo RAW

Arquivos RAW

Preferido por fotógrafos profissionais, esse tipo de arquivo captura imagens sem processamento e sem filtros.

Imagem de arquivo GIF

Arquivos GIF

Saiba mais sobre esse formato sem perdas, compatível com imagens e animações.

Imagem de arquivo PNG

Arquivos PNG

Compactação sem perdas e cores de 24 bits fazem dos arquivos PNG a opção preferida dos desenvolvedores.

Imagem de arquivo TIFF

Arquivos TIFF

Os arquivos TIFF costumavam ser os principais rivais do JPEG e aceitam compactação com e sem perdas.

Compare o JPEG com outros tipos de arquivos.

Imagem de arquivo JPEG versus PNG

JPEG versus PNG

Compare esses dois arquivos rasterizados para ver qual deles se sai melhor.

Imagem de arquivo JPEG versus RAW

JPEG versus RAW

Qual formato de arquivo é melhor para tirar fotos pela câmera?

Imagem de arquivo JPEG versus TIFF

JPEG versus TIFF

Qual deles é melhor para editar fotos?

Imagem de arquivo JPEG versus PDF

JPEG versus PDF

Compare o JPEG com o formato de arquivo exclusivo da Adobe para ver qual deles oferece melhor qualidade e compartilhamento.

Quer diminuir um arquivo JPEG? Saiba como compactar uma imagem.

Lightroom

Plano do Lightroom

Edite, organize, armazene e compartilhe fotos em qualquer lugar.
Após 7 dias grátis, R$43,00/mês. 

Lightroom
Photoshop

Fotografia

Inclui o Lightroom, o Lightroom Classic, o Photoshop e 20 GB de armazenamento na nuvem. Após 7 dias grátis, R$43,00 /mês.

Lightroom

Todos os Apps

Tenha o conjunto completo de aplicativos de criação e muito mais.
Após 7 dias grátis, R$224,00/mês.