JPEG versus RAW.

A maioria das câmeras digitais modernas capturam e salvam imagens como arquivos JPEG ou RAW. Os dois têm vantagens e desvantagens, mas os fotógrafos devem escolher o formato mais adequado às necessidades deles, principalmente porque isso pode afetar o processo de edição. Entenda a diferença entre JPEG e RAW e escolha o formato de arquivo certo para seu próximo projeto. 

Imagem do banner JPEG versus RAW

O que você aprenderá.

 
  • O que é um arquivo JPEG?
     
  • O que é um arquivo RAW?
     
  • Qual é a diferença entre arquivos JPEG e RAW?
     
  • Arquivos JPEG versus RAW: perguntas frequentes

 

 

O que é um arquivo JPEG?

O JPEG (Joint Photographic Experts Group) é um formato de arquivo rasterizado com perdas que compacta uma imagem para deixar o arquivo menor. Os arquivos JPEG estão entre os formatos de imagem mais usados no mundo. Os fotógrafos podem tirar fotos no modo JPEG, e os designers gráficos, ilustradores e outros profissionais de criação podem editar trabalhos com esse formato.

 

Saiba mais sobre os arquivos JPEG

 

 

O que é um arquivo RAW?

Um arquivo RAW contém todos os dados de imagem não compactados e não processados que um scanner ou os sensores de uma câmera digital capturaram. Ele também é um formato de arquivo rasterizado, mas mantém a qualidade sem perdas. Os arquivos RAW não são imagens; são apenas arquivos grandes com os dados da imagem exatamente como foram capturados. 

 

Saiba mais sobre os arquivos RAW

 

 

Qual é a diferença entre arquivos JPEG e RAW?

Fotógrafos profissionais e amadores discutem com frequência sobre o melhor formato para captura: JPEG ou RAW. Os dois tipos de arquivos rasterizados têm algumas semelhanças, mas cada um deles tem suas vantagens e desvantagens. Descubra as diferenças entre os formatos JPEG e RAW. 

 

Tamanhos de arquivo. 

A principal diferença entre os arquivos JPEG e RAW é o tamanho. O RAW é consideravelmente maior que o JPEG (e todos os outros arquivos de imagem).

 

Isso ocorre porque ele contém todas as informações brutas de imagem capturadas pelos sensores da câmera digital, e nada está compactado. Assim como o negativo de uma câmera tradicional, o arquivo RAW armazena todos os detalhes originais. Assim, você tem controle total sobre eles.

 

Isso o torna ideal para compartilhamento em formatos grandes, como outdoors. Capturar imagens em formato RAW também significa que você precisará de cartões de memória maiores e que eles ficarão cheios com mais rapidez, então talvez não seja possível capturar muito conteúdo de uma só vez.

 

Os arquivos JPEG têm um tamanho muito mais gerenciável porque os dados deles são compactados. Ao capturar fotos em JPEG, o processador da câmera praticamente já desenvolveu a imagem. O tamanho menor do formato também permite armazenar mais arquivos em um só lugar, seja na câmera, no computador ou em outro dispositivo de armazenamento.

 

Qualidade da imagem.

A principal vantagem de capturar imagens no formato RAW é a alta qualidade. Assim, você pode editá-las e conseguir resultados incríveis. Capturar e armazenar todos os detalhes que passam pelos sensores da câmera quer dizer que os arquivos RAW contêm um intervalo dinâmico mais amplo e um espectro de cores muito maior que os JPEGs.

 

Se uma imagem RAW for pouco exposta ou exposta demais, o intervalo dinâmico mais amplo facilita a recuperação, com maior controle sobre a nitidez. Como os arquivos RAW não têm perda de dados e não são processados nem compactados, eles mantêm a alta qualidade e não perdem resolução devido ao redimensionamento.

 

Quando sua câmera compacta um arquivo RAW em uma imagem JPEG, ela passa por um processo com perdas de dados. A compactação deixa o arquivo menor, mas você perde dados e detalhes da fotografia, e a imagem pode ter um efeito granulado ou pixelizado. Como o formato JPEG é de 8 bits, também há limitações de cor em comparação com os arquivos RAW, que podem ter 12 e 16 bits.

 

Edição e compartilhamento.

Você precisa processar e converter um arquivo RAW em JPEG, TIFF ou outro formato relevante antes de abri-lo e editá-lo. Softwares como o Adobe Photoshop Lightroom permitem processar arquivos RAW, editar e exportar como JPEG ou PNG, por exemplo. Assim, você cria uma cópia e mantém o arquivo RAW com todos os detalhes.

 

Como os arquivos RAW são muito grandes, pode ser desafiador compartilhá-los. Além disso, quem os recebe precisa ter o software apropriado para abrir esse tipo de arquivo. É por isso que muitos clientes, impressoras e designers solicitam um arquivo JPEG para abrir e visualizar o arquivo primeiro.

 

Os JPEGs são um dos formatos de arquivo digital mais usados e são aceitos por vários dispositivos e softwares modernos. Por ser um tipo de arquivo rasterizado, você pode abrir JPEGs com facilidade em vários programas e compartilhar por email, em redes sociais e em outros canais. As principais desvantagens são a diferença de qualidade em comparação com os arquivos RAW e o menor número de recursos de edição.

 

Agilize.

As imagens JPEG já são processadas e podem ser transferidas rapidamente da câmera, abertas com um software de edição ou enviadas diretamente para alguém, sem pós-processamento. Como elas são menores, as transferências são mais rápidas, e a câmera não fica lenta durante a captura. 

 

Com os arquivos RAW, você precisa considerar o tempo de processamento e conversão do arquivo em JPEG, PNG ou TIFF. Isso significa armazenar duas versões da mesma imagem, o que ocupa mais espaço e faz os backups e as transferências demorarem mais. Isso também pode fazer a câmera ficar lenta ao capturar imagens no formato RAW, ou seja, a taxa de quadros pode cair. 

 

 

Arquivos JPEG versus RAW: perguntas frequentes.

Um arquivo RAW é maior que um JPEG?

Geralmente, os arquivos RAW são de duas a seis vezes maiores que um JPEG. Eles são maiores porque contêm muito mais dados de imagem. Em uma imagem JPEG, todos os dados estão compactados em um arquivo menor e mais fácil de compartilhar.

 

Converter RAW em JPEG afeta a qualidade?

Ir de um arquivo RAW para JPEG afeta a qualidade porque você está fazendo a conversão para um formato com perdas. O RAW contém muitos detalhes, e converter em JPEG significa compactar esses detalhes em um arquivo bem menor, com menos espaço para armazenar dados da imagem. 

 

É recomendável capturar imagens sempre no formato RAW?

Muitos fotógrafos profissionais usam esse formato porque ele captura o máximo de detalhes. Costuma ser mais fácil editar a exposição depois com um arquivo RAW. No entanto, capturar imagens em JPEG tem suas vantagens, já que o tamanho menor permite tirar mais fotos de uma vez e transferir os arquivos com mais rapidez.

 

Por que meus arquivos RAW aparecem como JPEG?

Dependendo da câmera que você usa, capturar imagens RAW pode fazer os arquivos aparecerem como JPEGs por padrão. Porém, o arquivo RAW original deve continuar presente. No modo de edição das configurações da câmera, escolha a opção “Usar RAW como original”, se possível.  

 

O que significa RAW + JPEG?

O modo RAW + JPEG está disponível em algumas câmeras digitais, e permite capturar imagens e salvar nos dois formatos de arquivo ao mesmo tempo. Isso armazena duas cópias: o arquivo RAW original e um JPEG. Assim, você pode visualizar e usar uma imagem JPEG imediatamente, mas ocupa mais memória, já que você tem dois arquivos para apenas uma imagem. 

Compare JPEGs e RAWs com outros tipos de arquivos.

Imagem de arquivo JPEG versus TIFF

JPEG versus TIFF

Conheça as diferenças de compactação entre os arquivos JPEG e TIFF. 

Imagem de arquivo JPEG versus PNG

JPEG versus PNG

Compare os recursos de dois tipos de arquivos de imagem digital populares. 

Imagem de arquivo DNG versus RAW

DNG versus RAW

Descubra qual formato de arquivo é melhor para armazenar dados brutos de imagens.

Imagem de arquivo JPEG versus JPEG 2000

JPEG versus JPEG 2000

A nova versão desse formato de arquivo é melhor que seu antecessor?

Encontre o plano ideal para você.

Lightroom

Plano do Lightroom

Edite, organize, armazene e compartilhe fotos em qualquer lugar.
Após 7 dias grátis, 12,29 €/mês. 

Lightroom
Photoshop

Fotografia

Inclui o Lightroom, o Lightroom Classic, o Photoshop e 20 GB de armazenamento na nuvem. Após 7 dias grátis, 9,83 €/mês.

Lightroom

Todos os Apps

Tenha o conjunto completo de aplicativos de criação e muito mais.
Após 7 dias grátis, 36,89 €/mês.