O que é e como fazer fotografia de produto.

Essa forma comercial de fotografia traz desafios e oportunidades únicos. Saiba como aprimorar a aparência dos produtos — desde o estilo até a edição — e tirar ótimas fotos.

Imagem de salto alto em um programa de edição de fotos com fotógrafos de produtos no fundo

O que diferencia a fotografia de produto.

A fotografia profissional de produto é a forma comercial de fotografia lifestyle. Criar fotos de alta qualidade de produtos não é uma tarefa fácil. Saber como estilizar produtos, ajustar a iluminação e compor diferentes exposições leva tempo. Explore como criar fotos simples somente de produtos para fins de comércio eletrônico e fotos lifestyle complexas para mostrar como usar um produto.

 

Crie imagens nítidas de produtos.

Uma forma principal de fotografia de produto consiste em fotografar somente o produto. Normalmente usadas para listas de produtos em lojas na Internet, como Amazon ou Etsy, essas fotos geralmente são tiradas com um fundo branco simples para reduzir as distrações. Imagens somente do produto capturam os detalhes do produto, como tamanho, formato e cor. Esses detalhes ajudam os consumidores a encontrar exatamente o que procuram ao fazer compras na Internet.

 

Antes de se aprofundar nas fotos de produto, crie um vínculo com o cliente e descubra exatamente o que ele está procurando. Ele quer ângulos específicos do produto? O rótulo precisa estar visível em todas as fotos? O planejamento leva à perfeição. Por isso, obtenha as informações necessárias antes de começar a sessão de fotos.

Foto aérea de fotógrafos de produtos preparando um par de salto alto vermelho

Reúna os equipamentos certos.
No caso de fotos de produtos, “quase sempre uso minha lente de 50 mm com a câmera DSLR”, observa Sarah Aagesen, fotógrafa gastronômica e de produtos. “Também uso uma lente de 20 mm para tirar fotos em ângulo mais aberto e uma lente macro caso haja pequenos detalhes que eu precise capturar.” Com várias lentes disponíveis, você consegue se adaptar aos desafios de tirar uma foto.

 

Nunca use a função de foco automático da câmera em fotos estáticas de produto. “Se o objeto não está se movendo, não é necessário usar o foco automático. Coloque a câmera em um tripé e use o foco manual”, explica o fotógrafo profissional Jason Deymonaz. Além disso, use um disparador remoto para não mover sem querer a câmera ao tirar uma foto. Se você estiver fazendo várias exposições do mesmo ângulo para compor depois, esta etapa pode economizar tempo.

 

Dê estilo ao produto.
Como fotógrafo de produtos, é sua responsabilidade deixar o produto com a melhor aparência possível. Deymonaz diz: “Sempre tenho meu kit de limpeza com limpador de vidros, tesouras e removedor para remover rótulos, impressões digitais e poeira. Eu faço o produto parecer o mais bonito possível na câmera, o que economiza muito tempo na pós-produção.” Se uma partícula de poeira entrar no produto e ficar visível em todas as fotos, você gastará muito tempo editando as imagens. Se você estiver fotografando roupas ou tecidos, use um ferro para tirar os amassados indesejados.

 


Preparação para a fotografia de produto. 

Depois que o produto ficar com uma aparência impecável, prepare o restante da cena. Crie imagens de alta qualidade fotografando em um fundo sólido, como papel ou tecido branco ou preto. O produto precisa se destacar nessas fotos, então mantenha o fundo simples e limpo para reduzir as distrações.

 

Que tal usar luzes softbox para ter mais iluminação ao fotografar produtos? Esses modificadores de luz criam uma luz suave e difusa que reduz as sombras fortes. Como você quer que os usuários consigam ler os rótulos e identificar as informações, os ajustes de iluminação das fotos de produto devem ser perfeitos, com tudo bem iluminado. Você também pode usar caixas de luz e luz artificial. Caixas de luz são quadrados feitos de arame e cobertos com um tecido branco fino. Elas criam um ambiente difuso e clean, sendo perfeitas para iluminar pequenos objetos de maneira uniforme.

Vários produtos para a pele fotografados de cima

“No caso de fotografia de produtos, não recomendo o uso de luz natural, pois ela muda com rapidez”, explica Aagesen. “Normalmente, você tira várias fotos de ângulos diferentes. Se você estiver usando a luz proveniente de uma janela, quando fica nublado, de repente você está fotografando com outra iluminação, totalmente diferente.” Como a iluminação natural fica sempre mudando e é difícil de reproduzir, a iluminação de um estúdio fotográfico geralmente é melhor para uma foto de produto perfeita. Afinal, você talvez precise tirar mais fotos se novas versões do produto forem lançadas.

 

Fotografe os produtos.
No caso de alguns objetos, você precisará fazer várias exposições da mesma foto para capturar diferentes detalhes ou partes do produto com a melhor luz possível. “Faço de três a dez capturas diferentes e as junto em uma única foto”, indica Deymonaz. Tenha iluminação de LED, refletores ou outras fontes de luz disponíveis caso precise mudar a iluminação. Se o objeto for pequeno ou você estiver fotografando com uma menor profundidade de campo, você também precisará usar empilhamento de foco para focar todas as partes do objeto.

 

Edite as fotos de produtos.
Quando se trata de edição de fotos, cada fotógrafo tem as próprias preferências. “Eu sempre começo a editar ajustando primeiro os problemas de brilho e exposição”, diz Aagesen. “Então, ajusto o balanço de branco, verifico se as cores estão certas e, em seguida, edito o contraste, os destaques e as sombras.”

Sobremesa deliciosa fotografada em um prato com um guardanapo

A edição de pós-produção pode deixar a foto do produto maravilhosa, mas entender as ferramentas à sua disposição é o segredo para ter as melhores fotos de produto. Confira estas dicas de pós-produção para fazer as melhores fotos:

 

 

  • Domine as técnicas de correção de manchas para remover todas as distrações da imagem do produto. Se a foto ficar com reflexos ou destaques estranhos, essa ferramenta de retoque ajudará a editá-la com perfeição.

 

  • Se você precisar editar um rótulo ou arranhão no produto, use a ferramenta Carimbo para copiar os detalhes e cores exatos de uma parte da imagem para outra área.

 

Crie fotos lifestyle incríveis.

Com fotos lifestyle, os clientes têm uma ideia melhor de como usar o produto, pois ajudam os clientes a imaginar como o usariam na vida diária. Embora sejam diferentes das imagens apenas de produtos, muitas das mesmas regras se aplicam a fotos lifestyle.

 

Prepare a foto lifestyle.

Em fotos lifestyle, você provavelmente trabalhará com modelos para ajudar a ilustrar o uso do produto. “Embora os modelos sejam uma grande parte da sessão de fotos, eles não são o foco da sessão”, explica Aagesen. “São apenas personagens secundários. O produto é a estrela. Você não precisa mostrar o rosto do modelo em todas as fotos.” Tire fotos aproximadas do produto incluindo a mão da pessoa e use diferentes poses para manter o look natural.

Mão de uma pessoa segurando um creme para pele

Crie uma lista de planos para ter tudo o que precisa da foto. Tire várias fotos. Depois de terminar a lista, faça testes. Essa é a sua oportunidade de ser mais artístico e criativo com a fotografia do produto. Às vezes, as fotos não planejadas são as melhores da sessão.

 

Embora a luz natural não seja ideal para fotos de produtos, geralmente é perfeita para fotos lifestyle. Ela pode iluminar a cena de maneira uniforme e natural, sem muito esforço de sua parte. “Mas tome cuidado ao fotografar sob luz solar direta, pois esse ambiente pode criar sombras fortes, especialmente se o produto for reflexivo ou brilhante”, observa Aagesen. Se for um dia com muito sol, fotografe na sombra e use refletores para refletir a luz natural na foto.

 

Edite as fotos lifestyle.
Se você capturou reflexos não desejados no produto ou precisa retirar pessoas ou carros do fundo, confira estas dicas para aperfeiçoar a foto do produto.

 

 

 

  • Tom de cor é um branqueamento geral da cor causado pela iluminação na qual a foto foi tirada. Se não ficar natural, retire da foto.

 

Tirar ótimas fotos de produtos pode ser complicado, mas, com as ferramentas certas à sua disposição, você pode editar e ajustar as imagens para se destacarem. E depois de adquirir bastante experiência com fotografia de produto, você pode fazer isso profissionalmente.

 

Como iniciar no campo de fotografia de produto.

Com o aumento das compras pela Internet, este é o melhor momento para ser um fotógrafo profissional de produtos. Sites de venda online, como a Amazon, dominam as vendas no varejo, e, com sites como Shopify, Etsy e eBay, toda pequena empresa pode rapidamente ter presença na Internet. Para ser contratado para criar fotos de produtos para empresas, primeiro demonstre que você faz um bom trabalho.

 

Crie um portfólio de fotografia de produtos.

O primeiro passo para o crescimento do seu negócio como fotógrafo de produtos é criar um portfólio. Reúna seus melhores trabalhos em um site e compartilhe o link com possíveis clientes. Inclua apenas as melhores fotos para não sobrecarregar as pessoas com tanta informação. Não ultrapasse a quantia de 20 ou 25 imagens e tente mostrar uma variedade de fotos de diferentes produtos em diferentes estilos e ambientes. Você quer mostrar sua versatilidade, bem como sua arte.

 

Dedique tempo criando a seção Sobre Inclua informações básicas, como sua experiência de trabalho e formação acadêmica relevantes, e coloque algumas informações pessoais que ajudem a transmitir sua personalidade e interesses. E, claro, inclua seu e-mail ou número de telefone para que as pessoas possam entrar em contato com você.

 

Quanto cobrar pela fotografia de produtos?

Os valores dependem da sua experiência, custos e dificuldade ou local do projeto. No caso de fotos para comércio eletrônico, você pode cobrar por foto que o cliente usa, começando em R$ 20,00 e chegando até R$ 50,00 por foto. Em projetos maiores que incluem vários produtos ou um catálogo inteiro, você pode cobrar por sessão de produto.

 

Para descobrir quanto você deve cobrar por foto, verifique as taxas de fotógrafos experientes em sua região para ter uma ideia do mercado. Em seguida, compartilhe seu portfólio com empresas em sua região e ofereça valores competitivos. Conforme adquire experiência em fotografia comercial, você pode cobrar uma taxa única. Você pode passar de um valor mais baixo por uma sessão de fotos e ir aumentando com o tempo.

 

Não importa por onde você começa, lembre-se de que, a cada tarefa, você aprende mais, o que agrega em seu portfólio. A cada novo problema que você resolve, você ganha mais uma habilidade para incluir em seu portfólio. Conforme continua trabalhando com fotos, você fica cada vez melhor e, à medida que fica melhor, pode buscar tarefas mais desafiadoras e cobrar mais por seu trabalho.

Colaboradores

Faça mais com o Adobe Photoshop.

Crie belas imagens com pincéis do PhotoshopPreenchimento sensível ao conteúdoefeitos para fotosFiltros neuraisSubstituição de céu e as diversas ferramentas usadas por fotógrafos.

Confira a família de aplicativos do Photoshop.

Você também pode gostar...

Foto de um par de saltos vermelhos exibidos em um programa de edição de fotos

Dicas de fotografia de produtos avançadas.

Saiba como preparar seus produtos e confira dicas para capturar fotos de produto impressionantes.

Imagem de dar água na boca de um sanduíche aberto de abacate e cream cheese

Dicas de fotografia gastronômica.

Delicie-se no mundo da fotografia culinária com dicas de profissionais do setor.

Microfone boom em um estúdio de podcast.

Noções básicas de podcast.

Confira o essencial para entrar no universo dessa mídia de áudio popular.

Arte colorida de mandala

Crie beleza e encontre a paz interior com a arte de mandala.

Descubra a história do design de mandalas e receba dicas para desenhar esses símbolos sagrados.

Encontre o plano da Creative Cloud ideal para você.