Sete etapas para criar uma estratégia de marketing de conteúdo forte.

Veja como uma estratégia de marketing de conteúdo bem elaborada facilita a criação e a publicação de conteúdo mais eficaz.

Empresário sentado a uma mesa usando o notebook para criar uma estratégia de marketing de conteúdo

Cumpra as metas de marketing de conteúdo.

 

Um conteúdo de sucesso começa por uma estratégia que guia e direciona todos os seus materiais de marketing. Esse plano de marketing de conteúdo serve como um ponto de referência, ajudando a definir prioridades e resolver imprevistos para cada tipo de conteúdo. Embora criar uma estratégia nem sempre seja algo divertido, é isso que distingue um conteúdo ineficaz de um conteúdo brilhante.

 

Antes de partir para a elaboração de um blog ou a criação da próxima publicação nas redes sociais, siga estas etapas importantes para criar uma estratégia de marketing de conteúdo eficaz.
 

 

1. Defina a missão do conteúdo.


É importante considerar a missão da sua empresa, o seu público e o propósito do seu trabalho ao criar conteúdo. Ele ajudará os clientes a aprender uma nova habilidade? Ele iniciará uma discussão entre o seu público-alvo? Ele ajudará no SEO ou no ranking no Google? Gerará clientes potenciais? Quais buyer personas você está tentando alcançar? Definir melhor o propósito de seus esforços de marketing de conteúdo ajudará a ter uma ideia mais clara de seus objetivos. A missão estabelecida será a base de seu conteúdo e deve seguir uma estrutura que defina quem seu conteúdo está ajudando, como isso é feito e as vantagens para o público em questão.

Três fotos lado a lado de pessoas individuais

2. Defina objetivos para seu marketing digital.

 

Ao criar conteúdo, você precisa de uma maneira de medir e monitorar o sucesso dele com KPIs, ou indicadores-chave de desempenho. Decida quais metas você deseja alcançar e quais métricas representarão melhor essas metas. Se você pretende criar um infográfico que se conecta aos clientes, foque em métricas como alcance e engajamento. Se estiver elaborando um estudo de caso que pode resultar em uma venda online, foque na taxa de conversão.

 

Leve em conta as tendências do setor, os objetivos da sua empresa e a jornada do comprador ao definir suas metas. Essas metas ajudarão a decidir quais tipos de conteúdo criar e quais tipos de ferramentas de análise usar. Lembre-se de sempre reavaliar suas metas conforme o crescimento da empresa e a mudança dos recursos.
 

 

3. Faça um brainstorming dos temas do conteúdo.

 

Defina o tema e faça um brainstorming dos tópicos que deseja abordar em seu novo conteúdo. Os tópicos precisam ser amplos o bastante para evitar que você fique sem conteúdo ou ideias ou perca o interesse dos leitores. Mas também precisam ser específicos para chamar a atenção de seu público-alvo e manter relação com sua marca. Por isso, é essencial entender a missão e a estética visual da sua empresa.

 

Com seu tema em mente, decida o tom e a perspectiva que serão adotados. Seu conteúdo será educativo, persuasivo ou inspirador? Reflita sobre os desafios do seu cliente e pense em conteúdo que possa melhorar essa experiência. Entender a missão, as metas e a identidade de marca da sua empresa ajudará você a encontrar a voz definitiva da sua marca para seu conteúdo.

Colagem de materiais de marketing e notas autoadesivas grudadas em uma parede para brainstorming

4. Decida onde hospedar e distribuir o conteúdo.

 

Ao criar uma página de aterrissagem otimizada para SEO, um blog atualizado regularmente ou um perfil criativo nas redes sociais, você precisa de um lugar para reunir e compartilhar seu conteúdo. Tenha seu público sempre em mente ao tomar decisões sobre plataformas de conteúdo. Examine o conteúdo de seus concorrentes para ver como eles estão hospedando e veiculando suas campanhas de marketing. Não tente fazer tudo de uma vez. Em marketing de conteúdo, qualidade é sempre melhor que quantidade. Esforços deliberados para alcançar as metas da sua empresa serão mais eficazes do que fazer tudo às pressas e produzir conteúdo medíocre.
 

 

5. Defina os formatos do conteúdo.

 

Considere vídeos, artigos, podcasts, campanhas de marketing em redes sociais e infográficos ao determinar os tipos de conteúdo que deseja criar. Defina o tipo de conteúdo que deseja criar com base no seu público e nas plataformas de distribuição. Por exemplo, vídeos dão muito certo no Facebook, então se é lá onde seus clientes estão, faz sentido para você investir nessa mídia. Se os seus usuários utilizam o Twitter ou o LinkedIn, considere iniciar um boletim informativo para criar conteúdos longos e influentes.


 

6. Crie um calendário de conteúdo.

 

Ao criar um calendário de marketing de conteúdo, você pode fornecer conteúdo ao seu público com regularidade. Embora essa seja uma parte crucial da estratégia, ela é precedida por todas as outras por um motivo. Sem entender o porquê, o onde, o como e o para quem da produção de conteúdo e da estratégia de marketing, qualquer conteúdo que você criar não terá o resultado esperado. O que você fez até agora foi criar restrições para ajudar a direcionar seus materiais de marketing e, a partir disso, você pode criar um calendário editorial para garantir que o conteúdo cumpra seus objetivos.

Exemplo de calendário editorial com alguns dias preenchidos por imagens ou texto de exemplo

7. Teste, aprenda, ajuste e repita o processo.

 

Sua estratégia de conteúdo é um documento vivo. Ele muda e cresce à medida que você tem ideias e recebe sugestões de seus usuários. Peça feedback com pesquisas e enquetes, responda a comentários nas publicações e monitore o tráfego e o engajamento em seu site. Assim, você poderá experimentar diferentes formatos de conteúdo, tópicos, tons e distribuição. Quanto mais você entender o seu público, mais fácil será aprimorar sua estratégia e aumentar a divulgação da marca com eficácia.

 

Ao terminar o plano, é hora de soltar sua criatividade. Um recurso versátil para criar conteúdo de alta qualidade é a Adobe Creative Cloud para equipes. Ela inclui mais de 20 aplicativos para design, Web, vídeo e fotografia. Além das Bibliotecas da Creative Cloud, onde equipes podem compartilhar imagens com facilidade, e o Adobe Spark, que permite a profissionais de criação criar imagens para redes sociais de modo rápido e fácil.

Encontre maneiras criativas de impulsionar o crescimento da sua empresa.

HISTÓRIAS DE CLIENTES


Veja como os clientes da Adobe criam experiências incríveis com a Creative Cloud para equipes.

 

MELHORES PRÁTICAS


Acesse as diretrizes mais recentes para eficácia de design, marketing e muito mais.

 

TUTORIAIS


Vá ainda mais longe com sua criatividade seguindo tutoriais passo a passo.
 

Descubra os aplicativos que podem ajudar você a criar ativos para sua estratégia de marketing de conteúdo.

Escolha seu plano da Creative Cloud para equipes.

Todos os planos incluem o Admin Console para facilitar o gerenciamento de licenças, suporte técnico 24 horas, publicações ilimitadas de vagas no Adobe Talent e 1 TB de armazenamento.

Aplicativo individual

R$145,00/mês por licença


Um aplicativo de criação da Adobe de sua escolha, como o Photoshop, o Illustrator, o InDesign, o Spark ou o Acrobat Pro.*

MELHOR OPÇÃO

Todos os Apps

R$350,00/mês por licença

 

Todos os aplicativos de criação da Adobe, incluindo o Photoshop, o Illustrator, o InDesign, o Spark, o Acrobat Pro e mais 20 aplicativos.

Ligue para 0800 047 4312 ou peça uma consulta


Dúvidas? Iniciar chat.


Comprando para uma grande organização? Saiba mais sobre a Creative Cloud para corporações

* Os aplicativos individuais Acrobat Pro, Lightroom e InCopy incluem 100 GB de armazenamento.